Quinta-feira, 11 de Janeiro de 2024

QUEM GOVERNA O MUNDO

 

Este é um  livro escrito por Noam Chomsky que estudou Linguística, Matemática e Filosofia na Universidade de Pensilvânia, onde se doutorou em 1955. Os seus textos políticos têm tido uma influência notável no mundo contemporâneo. Ao longo de 23 capítulos o autor faz uma análise política da evolução  do Mundo e relata as guerrilhas que foram surgindo durante os séculos XIX e XX.

No fim da 2ª Guerra Mundial os Estados Unidos era a maior potência política e militar a nível mundial. Dominava o Pacífico, a América Latina e alguns países da Ásia Oriental. Mas o seu poder tem vindo a diminuir desde o ano de 1945. A partir do 11 de Setembro os EUA começaram a combater o terrorismo invadindo o Afeganistão e o Iraque. Por decisão de Kennedy foi invadido o Vietnam do Sul e a Indochina. Entretanto surgiram outras potências como a China, a Índia e a Rússia. Quando a União Soviética colocou misseis nucleares em Cuba esteve em risco de eclodir uma guerra com os EUA que poderiam destruir o Hemisfério Sul. Tudo isto começou, e passo a citar,  com o ataque terrorista de Kennedy a Cuba , como uma ameaça de invasão em Outubro de 1962. No que respeita ao conflito israelo-palestiniano, enquanto os EUA e Israel persistirem na sua posição de rejeitar, bloqueando o consenso internacional relativamente à criação de dois Estados, não será implementado nenhum plano com vista à garantia de segurança nacional e, portanto nenhum passo será dado no sentido de criar uma zona isenta de armas nucleares e de mitigar, ou talvez mesmo fazer desaparecer, aquilo que os EUA e Israel afirmam ser a mais grave ameaça à paz.

Hoje a Humanidade está confrontada com dois grandes problemas: a destruição ambiental e a guerra nuclear. Coloca-se diante de nós a possibilidade de qualquer esperança de vida digna ser destruída, e não num futuro distante. O que está a acontecer na Palestina é realmente dramático. Os Israelitas estão a ir longe de mais atacando civis, hospitais, abrigos de refugiados.  O Direito norte-americano defende que «  não poderá ser prestado qualquer assistência no plano de segurança a nenhum país cujo governo adopte um padrão consistente de violações flagrantes aos direitos humanos, internacionalmente reconhecidos ». Ora, Israel é, sem margem de dúvida, culpável por esse padrão consistente.

No capítulo 17 do livro Chomsky afirma que os Estados Unidos são  uma das principais nações terroristas. E afirma que o comandante terrorista Henry Kissinger ficou «apoplético » perante a insubordinação do « insignificante « Castro o qual entendeu que devia ser  «esmagado ». Aponta ainda a guerra terrorista dos EUA contra a Nicarágua e o terrorismo de Estado que Bussh entusiasticamente apoiou em El Salvador e na Guatemala. Em Cuba, as operações terroristas foram lançadas com a máxima impetuosidade pelo presidente Kennedy e pelo irmão para castigar os Cubanos pela derrota na Baía dos Porcos. As operações incluíram o bombardeamento de  hotéis e instalações industriais, o afundamento de embarcações de pesca, o envenenamento de colheitas  e gado, a contaminação das exportações de açúcar entre outros. Sondagens mundiais revelam que os EUA são vistos como a maior ameaça à paz mundial. O Irão e o Paquistão constituem também uma ameaça à paz mundial.

No capítulo final faz a seguinte pergunta: Quem governa a Mundo  ? É óbvio que nas questões mundiais os actores são os  Estados e essencialmente as grandes potências. Para Adam Smith   « Os Senhores da Humanidade » eram os comerciantes, e fabricantes de Inglaterra. No nosso tempo são os conglomerados industriais, as enormes instituições financeiras, os impérios do comércio retalhista e afins. Ainda, segundo Smith, « os senhores da Humanidade têm como máxima « Tudo par nós e nada para os outros. », ou seja uma amarga luta de classes, em largo detrimento do povo e do país de origem e do mundo. A segunda superpotência ou seja a União Europeia tem vindo a cambalear devido aos severos efeitos das políticas de austeridade durante a recessão. A democracia foi-se debilitando à medida que as tomadas de decisões foi sendo transferida para a burocracia de Bruxelas. Desde o fim da Guerra Fria, diz o autor citando um colunista do Finantial Times,«  o esmagador poder militar dos EUA tem sido um elemento central da política internacional ». Este aspecto é particularmente relevante em três regiões : na Ásia Oriental onde a marinha dos EUA se acostumou a tratar o Pacífico como « um lago Americano » ; na Europa onde a NATO tem  três quartos da despesas militares  pagas pelos EUA que garantem a integridade dos seus Estados-Membros ; e no Médio Oriente onde as bases navais e aéreas norte-americanas « existem para tranquilizar amigos e intimidar rivais ». Mas o problema da Ordem mundial é que «  esta ordem de segurança está a ser desafiada nas três regiões por causa da intervenção na Ucrânia e na Síria e porque a China transformou os seus mares vizinhos em « águas claramente contestadas ». Por outro lado a China está a construir uma versão modernizada das velhas rotas da seda ,com a intenção não só de colocar a região sob influência chinesa, mas também de chegar às regiões produtoras de petróleo da Europa e do Médio Oriente. Está também  a criar um sistema energético e comercial integrado com vias férreas de alta velocidade e oleodutos.  Na Europa de Leste há a crise que separa a NATO da Rússia. E as ambições imperialistas de Putin. Um outro desafio no Mundo Islâmico. Um enorme fluxo de armas jiadistas espalhou o terror desde a África ( agora campeã de assassínios terroristas ) ao Levante. 

Um dos grandes problemas no futuro será uma resposta digna « à crise dos refugiados »  que surgiu em plena força na Europa em 2015. Tal opção implicaria no mínimo um aumento acentuado de auxílio humanitário aos campos do Líbano, Jordânia e Turquia, onde miseráveis refugiados sírios mal conseguem sobreviver. A Europa também geme sob o fardo  dos refugiados dos países devastados de África. Actualmente, acrescento eu, temos as vítimas da guerra na Palestina que precisam também de uma ajuda rápida para não morrerem à fome num conflito que está para durar devido ao terrorismo israelita que não respeita os direitos humanos.                                                                                                             

.

publicado por pontodemira às 12:16
link | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2024

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


.posts recentes

. A DEMOCRACIA MANIPULADA

. NENHUM CAMINHO SERÁ LONGO

. A BÍBLIA TINHA RAZÃO

. QUEM GOVERNA O MUNDO

. O QUE VOS PEÇO EM NOME DE...

. A ECONOMIA PODE SALVAR O ...

. NENHUM HOMEM É UMA ILHA

. O ROSTO DE DEUS

. Ressaibos da Jornada Mund...

. UMA INTERPRETAÇÃO CRISTÃ...

.arquivos

. Abril 2024

. Março 2024

. Fevereiro 2024

. Janeiro 2024

. Novembro 2023

. Outubro 2023

. Setembro 2023

. Agosto 2023

. Julho 2023

. Junho 2023

. Maio 2023

. Abril 2023

. Março 2023

. Fevereiro 2023

. Janeiro 2023

. Dezembro 2022

. Novembro 2022

. Outubro 2022

. Setembro 2022

. Agosto 2022

. Julho 2022

. Junho 2022

. Maio 2022

. Abril 2022

. Março 2022

. Fevereiro 2022

. Janeiro 2022

. Dezembro 2021

. Novembro 2021

. Outubro 2021

. Setembro 2021

. Agosto 2021

. Julho 2021

. Junho 2021

. Maio 2021

. Abril 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Abril 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Outubro 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Outubro 2014

. Julho 2014

. Maio 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub