Quinta-feira, 17 de Setembro de 2015

DESIGUALDADES INACEITÁVEIS

 

Em conversa com amigos soube que há professores do ensino secundário que basta trabalharem 5 ou 6 horas por semana para terem direito ao vencimento completo. Em contrapartida há funcionários da função pública que têm de trabalhar 30 ou 40 horas por semana para alcançarem o mesmo objectivo.

Sou professor aposentado e quando estava no activo nunca tive qualquer redução de horário em função do tempo de serviço. Contam-se também pelos dedos de uma mão as vezes que faltei ao serviço durante toda a minha carreira.

Se um professor do ensino secundário não tem alunos que lhe permita cumprir um horário normal então deveria trabalhar na recuperação dos que têm dificuldade no aproveitamento escolar ou colaborar com outros professores em actividades de apoio pedagógico.

Não se compreende que haja funcionários que trabalham horas extra para ter o serviço em dia e outros estejam gozando os rendimentos durante uma boa parte da semana.

publicado por pontodemira às 21:18
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
30
31


.posts recentes

. A queda do ocidente? Uma ...

. Como garantir a democraci...

. Os grandes filósofos:Jean...

. Eutanásia: Ética e Liberd...

. Fanatismo e fundamentalis...

. Análise crítica ao livro:...

. Sapiens: Breve História d...

. Três realidades distintas...

. O financiamentodos partid...

. A globalização em análise

.arquivos

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Outubro 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Outubro 2014

. Julho 2014

. Maio 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

blogs SAPO

.subscrever feeds