Sábado, 25 de Dezembro de 2010

NATAL 2010

Este não vai ser certamente um Natal feliz ou alegre para muita gente. Estou a lembrar-me, entre outras , das seguintes pessoas : as vítimas de intempéries e de tornados ; os que foram assaltados  e roubados ; os refugiados de África que tiveram de fugir dos suas terras, dos sem-abrigo e também dos desempregados que fazem um esforço enorme para sobreviver.

 

Há muita gente a passar fome e a viver no limiar da pobreza. Enquanto isso há gestores e administradores que ganham mais num mês do que um operário num ano inteiro. Muitos empresários esquecem-se que os trabalhadores são elementos fundamentais da empresa e que os lucros também deviam ser repartidos por eles. Só pela justa e equitativa distribuição da riqueza de um país se conseguirá uma sociedade mais justa e humana. Se cada  partilhasse um pouco do que tem pelos outros deixaria de haver fome e miséria no Mundo. Os bens que Deus criou não são exclusivo de ninguém mas de toda a humanidade. Se uns têm tudo e outros nada, alguma coisa está mal e a exigir reflexão.

 

O Natal é uma festa importante para todos os cristãos. Nela se comemora o nascimento de Jesus que abriu novos caminhos para Deus. A sua doutrina assenta numa única Lei-. A Lei do Amor. É no dia a dia que nós provamos se somos ou não cristãos. Ir à missa e rezar não chega. Só pela prática do Amor ( Caridade ) nas várias situações com que cada um se confronta na vida podemos chegar até Deus. Em  São Mateus (25,35 ) podemos ler : “tive fome e deste-me de comer, tive sede e deste-me de beber, era peregrino e recolheste-me, estava nu e deste-me que vestir , adoeci e visitaste-me , estive na prisão e foste ter comigo. “      Foi isto que Jesus Cristo nos veio ensinar e que neste Natal  e durante  o ano devia ser tema de reflexão para todos.

 

Embora festejemos o Natal no dia 25 de Dezembro a verdade é que não se sabe ao certo a data do nascimento de Jesus. Os Romanos festejavam nesta data o “ Rei Sol “.  A Igreja quis transformar esta festa pagã e aproveitou-a para comemorar o nascimento de Jesus. Hoje o Natal, para a grande maioria das pessoas, voltou a ser uma festa pagã.  Quase ninguém celebra o nascimento do Menino-Deus. É mais a festa  do Pai Natal, das prendas, do consumismo e das lautas ceias. Quando formos capazes de gastar menos em prendas para dar aos mais necessitados, então sim estamos a dar ao Natal o seu verdadeiro e autêntico significado.

 

FRANCISCO JOSÉ SANTIAGO MARTINS

 

publicado por pontodemira às 12:21
link | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2024

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
28
29
30
31


.posts recentes

. A PRÓXIMA GUERRA CIVIL- ...

. A DEMOCRACIA MANIPULADA

. NENHUM CAMINHO SERÁ LONGO

. A BÍBLIA TINHA RAZÃO

. QUEM GOVERNA O MUNDO

. O QUE VOS PEÇO EM NOME DE...

. A ECONOMIA PODE SALVAR O ...

. NENHUM HOMEM É UMA ILHA

. O ROSTO DE DEUS

. Ressaibos da Jornada Mund...

.arquivos

. Maio 2024

. Abril 2024

. Março 2024

. Fevereiro 2024

. Janeiro 2024

. Novembro 2023

. Outubro 2023

. Setembro 2023

. Agosto 2023

. Julho 2023

. Junho 2023

. Maio 2023

. Abril 2023

. Março 2023

. Fevereiro 2023

. Janeiro 2023

. Dezembro 2022

. Novembro 2022

. Outubro 2022

. Setembro 2022

. Agosto 2022

. Julho 2022

. Junho 2022

. Maio 2022

. Abril 2022

. Março 2022

. Fevereiro 2022

. Janeiro 2022

. Dezembro 2021

. Novembro 2021

. Outubro 2021

. Setembro 2021

. Agosto 2021

. Julho 2021

. Junho 2021

. Maio 2021

. Abril 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Abril 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Outubro 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Outubro 2014

. Julho 2014

. Maio 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub