Sábado, 24 de Janeiro de 2009

FANTASIA E REALIDADE

 

1-Segundo dados recolhidos da revista “ Visão “ o panorama sócio-económico  nos EUA não é como muita gente pensa. Uma grande parte das pessoas imagina que na América, sendo como é o país mais rico do mundo, tudo corre às mil maravilhas e todos vivem bem e sem problemas. A situação há oito anos atrás quando tomou posse J.W.Bush era bem diferente da que se verifica hoje. Os dados são os que passo a citar:

O superavit de 236 mil milhões de dólares deixado por Bill Clinton converteu-se num buraco orçamental de 455 mil milhões de dólares com a dívida pública a triplicar;  na guerra do Iraque e do Afeganistão morreram 4 mil soldados americanos e surgiram 200 mil casos de stresse pós-traumático;  o número de pobres  passou dos 31 para os 37,3 milhões e os que não têm nenhum tipo de assistência médica e seguro de saúde aumentou dos 39,8 milhões para os 45,7 milhões ; em contrapartida, os bilionários cresceram de 298 para 454 e os rendimentos anuais dos 20 directores-gerais ( CEO ) mais bem pagos continua a rondar os 100 milhões de dólares

Estes números são reveladores e mostram que num país capitalista e rico como os EUA também existe pobreza e exclusão social.  No seu acto de posse o presidente Obama fez um discurso realista e manifestou o maior empenhamento no combate à crise. Fala ente outras coisas da Paz, da Justiça social, do sistema de saúde que considera muito oneroso e dos direitos individuais que é preciso respeitar. Diz ainda que o estado da economia pede uma acção corajosa e rápida de forma a criar novos empregos e relançar o crescimento económico. Considera ainda que tem de haver um olhar vigilante sobre o mercado para que este não fique fora do controlo e que uma nação não pode prosperar quando só favorece os prósperos. No que toca às relações com o mundo muçulmano  elas terão que assentar sempre no interesse e no respeito mútuo.  Prometeu ainda cooperar com as nações mais pobres pois não se pode ficar indiferente ao sofrimento fora das fronteiras

Temos assim um presidente imbuído das melhores intenções. Sabemos que é um homem lutador e o facto de ter subido ao mais alto posto do Estado revela muita coragem, força e determinação. Sabemos também que se opôs à guerra no Iraque que contribuiu de forma significativa para o descalabro financeiro dos EUA. As expectativas em torno de BaracK Obama são elevadas. Veremos nos próximos meses como vai lidar com a crise económica e como vão ser as relações com os países que naturalmente não gostam dos Estados Unidos. Sobre este último aspecto BaracK Obama lança um aviso aos líderes que por todo o mundo procuram semear o conflito ou culpar o Ocidente pelos males da sua sociedade : saibam que o vosso vosso povo vos julgará pelo que construírem e não pelo que destruírem “ .

 

2-Ao ler um jornal diário deparei com um texto escrito por Manuel Serrão, intitulado : A vontade de casar é pouco homossexual  Habitualmente não leio os artigos deste comentarista. Fiquei com a ideia que se trata de um “  bon vivant “ ou de um pândego e que daquela cabeça só poderiam sair banalidades ou ideias ocas. Como concordo com o título e com a ideia por ele veiculada de que para situações diferentes não deveria haver tratamentos iguais,  resolvi ler a argumentação apresentada. Verifiquei depois que ao referir-se à Igreja católica se envolve em considerações que no fundo se poderiam classificar de autênticas “ asneiras “ ou disparates. Passarei a transcrever algumas afirmações contidas no referido texto e o comentário que se me ofereceu fazer para cada uma delas. Diz Manuel Serrão, que passo a citar:

1-Apesar da falta  de vocações sacerdotais continuar a aumentar mesmo em plena crise de emprego ;

Comentário: O sacerdócio não é ou não pode ser considerado uma profissão. Quem escolhe o sacerdócio fá-lo por vocação e não para ganhar dinheiro. Um dos votos que o sacerdote tem de fazer é o de pobreza.

2-Apesar de tudo isto e muito mais.. é incrível como é que a Igreja Católica em Portugal continua a ser vista e ouvida como um autêntico Estado dentro de outro Estado ( 2 )

Comentário: Se a Igreja é vista como um Estado dentro de outro Estado porque razão o Governo não segue as orientações da Igreja que condenou por exemplo a Lei do divórcio?

3-O  Cardeal-Patriarca de Lisboa, representante do Papa em Portugal, nomeado por um colégio eleitoral restrito, fala para o seu povo, que são católicos, sobretudo os militantes.

Comentário: O representante da Igreja em Portugal são todos os bispos e não apenas o Cardeal-Patriarca.Os cardeais são escolhidos pelo Papa e não nomeados em colégio eleitoral. Depois ao falar em militantes está a confundir a Igreja com um partido político. Na Igreja não existem nem nunca existiram militantes. Pode é haver católicos que se denominem de praticantes ou não pratricantes

4- Concordando eu também com as opiniões de D. Policarpo( discordância em relação ao casamento entre Homossexuais ),independentemente dos disparates que o Vaticano tem patrocinado… não sou capaz de concordar com o PS nem estar de acordo com a orientação do Vaticano. Porque o PS não vê a diferença óbvia e o Vaticano exagera a diferença.;

Comentário-Não sei a que disparates do Vatcano se refere o Manuel Serrão. Disparatadas são as afirmações que faz sem qualquer fundamentação. Também não sei quais são os exageros do Vaticano. Perante o casamento de homossexuais só pode haver duas atitudes: aprovação ou rejeição. Não penso que possa haver meio-termo. Quem defende um ponto de vista deve fazê-lo argumentando da melhor maneira possível.

5- É evidente que cabe à Igreja defender o casamento como um instituto desenhado para os heterossexuais, mas toda a gente está à espera que seja um dia capaz de inventar e propor um instituto diferente, que possa responder cabalmente aos diferentes anseios dos homossexuais. Até porque nem D.Policarpo está livre de ter homossexuais católicos com vontade de legalizarem a sua união de facto com um companheiro.

Comentário: Como há pessoas que se dizem católicos não praticantes também existem hoje homossexuais que, provavelmente, se consideram católicos. Por outro lado a Bíblia e a tradição cristã sempre condenaram homossexualidade. São Paulo (Rom 1,26-27) condena homens e mulheres que trocaram as suas relações naturais por outras contra a natureza.O mesmo São Paulo em ( 1C 6,9-10) condena os efeminados e pedófilos entre outros. Assim, os comportamentos desviantes, ou seja tudo o que é “contra natura “ ou foge à normalidade penso que nunca será sancionado ou acolhido pela Igreja. Isto é uma das muitas fantasias de Manuel Serrão. A Igreja não vai atrás dos modernismos como ele imagina erradamente.

 

Para concluir diria que se Manuel Serrão  dedicasse os seus dotes de colunista a fazer apreciações e comentários a restaurantes e a passagem de modelos teria certamente grande aceitação. Aí, sim, talvez seja um expert na matéria. Mas para comentar assuntos religiosos terá que ler e estudar um pouco mais.

 

Francisco Martins

 

publicado por pontodemira às 18:56
link | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2022

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
28
29
30


.posts recentes

. A TIRANIA DO MÉRITO

. UMA BREVE HISTÓRIA DA IGU...

. A SABEDORIA EM TEMPO DE C...

. A NOVA ARTE DA GUERRA- S...

. O PRÍNCIPE_ MAQUIAVEL

. A Consciência Do Limite

. O HOMEM EM BUSCA DE UM SE...

. VIVO ATÉ À MORTE

. A arte de viver em Deus- ...

. OS GRANDES FILÓSOFOS: HUM...

.arquivos

. Junho 2022

. Maio 2022

. Abril 2022

. Março 2022

. Fevereiro 2022

. Janeiro 2022

. Dezembro 2021

. Novembro 2021

. Outubro 2021

. Setembro 2021

. Agosto 2021

. Julho 2021

. Junho 2021

. Maio 2021

. Abril 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Abril 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Outubro 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Outubro 2014

. Julho 2014

. Maio 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub