Terça-feira, 10 de Junho de 2008

Com um pé dentro e outro fora

 

1-Manuel Alegre não está contente com o governo nem com o partido socialista. O governo não escuta os professores nem os sindicatos e não tem na devida conta as manifestações de rua. Dos milhares de pessoas que protestam há com certeza também socialistas que não estão contentes com a situação e procuram por este meio ser ouvidas. Todos concordamos que há quem esteja no limiar da pobreza e reclame medidas urgentes do governo. Ninguém pode ficar indiferente a estes problemas e o Estado tem a obrigação e o dever de ajudar, directamente ou através das instituições de assistência social, todos os que necessitam de apoio.

 

2-Manuel Alegre também não gosta como é encarada a sua actuação dentro do Partido Socialista pois é visto por alguns militantes como inimigo. Situado na ala mais radical e de esquerda do partido tem mais afinidades com o Bloco de Esquerda ou com o Partido Comunista. Para ele o Partido Socialista está a ter uma conduta seguidista em relação ao governo e a ser contagiado pelas ideias neoliberais e pela economia de mercado. Só que hoje os partidos sociais democratas e socialistas há muito que abandonaram as suas raízes marxistas ficando as nacionalizações e o controle da economia pelo Estado reduzidas ao mínimo. Não me parece que as nacionalizações sejam a solução para resolver os problemas do nosso país. No entanto, no caso da Galp, se esta empresa estivesse nacionalizada talvez permitisse ao Estado baixar os preços dos combustíveis atendendo aos lucros fabulosos que apresenta no fim de cada ano e que beneficiam exclusivamente os gestores e accionistas.

 

3-Dizer o que está mal e fazer diagnósticos não é difícil. Manuel Alegre retrata muito bem a situação do país mas aponta muito poucas soluções ou vias para resolver a crise. Se tivéssemos o nível de desenvolvimento da maioria dos países europeus, o esforço que está a ser pedido às classes mais débeis não seria tão penoso. Assim, para que haja uma justa redistribuição da riqueza, o Estado teria pela via dos impostos que ir buscar o dinheiro aos que ganham altos vencimentos. É o que se faz nos países nórdicos onde os impostos chegam a atingir 30% do PIB. Nesses países a rede de assistência do Estado funciona a sério e não há situações de carência como em Portugal.

Seria necessário e recomendável também reduzir os custos com as prebendas dos ex-presidentes da república pois não faz sentido que estejam a usufruir de carro do Estado, motorista privativo, assessores, secretários e instalações próprias para trabalharem. Os vencimentos que ganham já por si são elevados e não se justificam outros privilégios. Deveria também haver uma redução substancial do número de deputados uma vez que muitos se limitam a votar quando é necessário e poucas ou nenhumas vezes intervêm durante a legislatura.

 

4-Para concluir diria que Manuel Alegre tem toda a razão nas críticas que faz. No entanto as suas palavras teriam outra força se também ele prescindisse de algumas regalias como a subvenção de 3000 € que lhe foi atribuída por trabalhar uns meses na RTP. As suas palavras teriam também outra acuidade se desafiasse todos os políticos que ganham acima de um certo patamar a descontarem uma percentagem do seus vencimentos em favor dos que têm pensões e ordenados de miséria.Por outro lado não me parece correcto que  esteja com um pé dentro e outro fora do partido. Não tem sentido ser socialista e alinhar com os partidos da oposição contra o partido a que pertence.

 

Francisco Martins

 

 

publicado por pontodemira às 13:20
link | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2022

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
28
29
30


.posts recentes

. A TIRANIA DO MÉRITO

. UMA BREVE HISTÓRIA DA IGU...

. A SABEDORIA EM TEMPO DE C...

. A NOVA ARTE DA GUERRA- S...

. O PRÍNCIPE_ MAQUIAVEL

. A Consciência Do Limite

. O HOMEM EM BUSCA DE UM SE...

. VIVO ATÉ À MORTE

. A arte de viver em Deus- ...

. OS GRANDES FILÓSOFOS: HUM...

.arquivos

. Junho 2022

. Maio 2022

. Abril 2022

. Março 2022

. Fevereiro 2022

. Janeiro 2022

. Dezembro 2021

. Novembro 2021

. Outubro 2021

. Setembro 2021

. Agosto 2021

. Julho 2021

. Junho 2021

. Maio 2021

. Abril 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Abril 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Outubro 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Outubro 2014

. Julho 2014

. Maio 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub