Segunda-feira, 10 de Maio de 2010

A VISITA DE BENTO XVI A PORTUGAL

 

1-O Papa Bento XVI vai estar em visita apostólica a Portugal durante quatro dias. É recebido em Lisboa, depois segue para Fátima onde presidirá às cerimónias do 13 de Maio e encerra  a estadia no nosso país, no Porto.  Esta viagem realiza-se num período difícil para a Igreja em que é preciso reflectir e reformar para que a comunidade católica siga na prática o verdadeiro caminho de Cristo. Por isso nos próximos dias não só os católicos mas todos os crentes vão certamente escutar com atenção as homilias do Papa para ouvir os seus sábios conselhos e as orientações que tem para nos dar.

 

2-Afinal quem é Bento XVI ?  Consultando os dados biográficos verificamos que nasceu em 16 de Abril de 1927 em Marktl am Inn uma pequena povoação na Alta Baviera perto da Fronteira com a Suíça. O pai de Bento XVI era um comissário da polícia e um católico praticante. Em 1939 entra para o seminário menor mas logo de seguida é obrigado à força a inscrever-se na Juventude Hitleriana. No fim da guerra em 1946 volta novamente para o seminário e prossegue os seus estudos na Faculdade de Teologia de Munique. Lecciona na Escola Superior de Filosofia e Teologia de Freising e obteve o doutoramento em Teologia em 1953. Exerceu também a actividade docente em Bona, Munster, Tubinga e Ratisbona.  Ao ser nomeado arcebispo de Munique em 1977 encerra a sua carreira académica. Durante o período em que foi professor em Tubinga foi colega de Hans Kung outro grande teólogo católico que se tornou dissidente por contestar a infalibilidade papal.

 

3-Bento XVI não tem a popularidade do anterior Papa João Paulo II. São homens diferentes com estilos diferentes. O actual Papa é um intelectual, culto e erudito, com conhecimentos profundos na área da teologia e da filosofia. As três encíclicas que escreveu, Deus Caritas est ( Deus é amor ), Spe Salvi ( A Esperança que nos Salva ) e Caritas in Veritate ( A Caridade na Verdade ) mostram-nos uma preocupação em transmitir de forma simples e compreensível o essencial da mensagem cristã. Assim a nossa caminhada na terra tem de ser alicerçada no amor desinteressado, na esperança em Deus que nos salva e na verdade ,ou seja, no respeito pelos valores éticos e morais e numa conduta que tenha em conta a dignidade da pessoa. Um outro ponto chave do pensamento de Bento XVI é o da convergência entre a Fé e a Razão. A Fé sem a Razão é cega e fundamentalista; por outro lado a Razão sem a Fé conduz a um cepticismo que não deixa qualquer abertura para o transcendente.

Bento XVI é também autor de vários livros  dos quais destaco alguns que já li : “ Jesus de Nazaré “ e Introdução ao Cristianismo “. Em Jesus de Nazaré o Papa Bento VI, como ele próprio afirma, apresenta o Jesus do evangelho como o Jesus real, como o Jesus histórico.  A Introdução ao Cristianismo é uma análise detalhada à profissão de Fé cristã.

Há ainda outro livro “ Existe Deus “, também muito interessante, em que Bento XVI aborda a temática da existência de Deus da Fé a da Verdade em diálogo com o ateu Flores d´Arcais.

Sabemos ainda que o Papa gosta de tocar piano e aprecia Mozart e Bethoven.

 

4-Mas nem tudo são rosas no pontificado de Bento XVI. Os abusos sexuais de menores recentemente divulgados são sem dúvida motivo para preocupação. Mas aqui é bom não esquecer que não se pode tomar a parte pelo todo. São casos que lamentamos e reprovamos mas a Igreja é constituída na sua maior parte por religiosos e leigos que desprendidamente entregam as suas vidas ao serviço das comunidades cristãs espalhadas pelo mundo.

Bento XVI é considerado por alguns como um Papa conservador dado que se opõe aos progressistas ou seja aos que reclamam reformas rápidas e radicais na Igreja. Foi também envolvido em casos polémicos quando citou as palavras do Imperador de Bizâncio em que Maomé incitava à violência ou quando numa viagem para África disse que o preservativo não resolvia o problema da sida. Pelo que tenho lido, parece que na Cúria Romana se trabalha descoordenadamente e em roda livre  sem controlo rigoroso do Papa.  De positivo há, no entanto, a salientar os esforços que Bento XVI tem feito para reatar o diálogo ecuménico com Judeus e muçulmanos.

Sem cair em modernismos que atraiçoem a autenticidade do verdadeiro cristianismo parece que é óbvio que a Igreja tem de se modernizar e adaptar aos tempos que correm.

 

5-Esperamos e desejamos todos que o Papa seja acolhido com o carinho e o respeito que ele nos merece como representante de Cristo na terra, Fazemos votos que tudo corra conforme o que foi programado e sem incidentes ou provocações dos grupos minoritários e radicais que se aproveitam das circunstâncias para dar nas vistas. Portugal recebeu e acolheu da melhor maneira os anteriores Papas que nos visitaram-Paulo VI e João Paulo II. Somos um povo hospitaleiro e a partir do dia 11 iremos demonstrar ,certamente, a nossa afectividade a este ilustre representante da Igreja.

 

 

FRANCISCO  MARTINS

 

publicado por pontodemira às 12:34
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. Os incêndios florestais (...

. Os grandes filósofos: Mar...

. Os Grandes filósofos: Ben...

. Os incêndios florestais

. O Euro- como moeda única ...

. O Papa Francisco peregrin...

. O terrorismo

. As baboseiras do Sr. Jero...

. Bandarra: profetismo mes...

. A Ordem Mundial

.arquivos

. Outubro 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Outubro 2014

. Julho 2014

. Maio 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

blogs SAPO

.subscrever feeds