Sexta-feira, 16 de Outubro de 2009

DIA MUNDIAL DAS MISSÕES

 

1-O Dia Mundial das Missões foi marcado este ano para 18 deste mês. O Papa Bento XVI na mensagem que escreveu para este dia, intitulada “ As Nações caminharão à sua luz “, diz o seguinte: “ A Igreja não age para ampliar o seu poder ou reforçar o seu domínio mas para levar a todos Cristo, salvação do mundo ; o compromisso de anunciar o Evangelho aos homens do nosso tempo é sem dúvida alguma um serviço prestado à comunidade cristã, mas também a toda a humanidade que, apesar de conhecer realizações maravilhosas, parece ter perdido o sentido último das coisas e da sua própria existência   O Papa refere ainda que o Reino de Deus está também neste mundo e é força de justiça, paz, verdadeira liberdade e respeito pela dignidade de todo o ser humano.

 

A Igreja, da qual fazem parte religiosos e leigos , homens e mulheres, tem um papel importante mas difícil a realizar na acção missionária em todos os continentes. Em muitos países africanos e asiáticos o trabalho dos missionários é árduo pois têm de lutar contra todo o tipo de adversidades : guerras, perseguições, fome, escravatura infantil e prostituição.  Os recursos materiais são escassos e não chegam para as necessidades mais prementes.  É por isso extremamente importante uma globalização da solidariedade. Sem a ajuda internacional dos países ricos,e da partilha dos que têm mais rendimentos, muitos povos irão sucumbir à fome e à doença.

 

A revista “ Além Mar “ dos missionários Combonianos relativa ao mês de Outubro aborda alguns temas relacionados com a Missão Cristã e transcreve os depoimentos de alguns missionários.  De tudo o que li vou salientar alguns aspectos importantes que subscrevo inteiramente.  Nos tempos que correm a Igreja não pode limitar-se a divulgar a Boa Nova e a revelar os ensinamentos de Jesus. Este aspecto, que é essencial, tem de estar indissociavelmente ligado a uma praxis social. Isso implica um empenhamento na resolução dos problemas sociais aos quais não pode ficar indiferente.  O amor a Deus tem de começar pelo amor ao próximo.

Um outro aspecto a destacar é que  na construção do Reino de Deus todas as pessoas fazem falta incluindo os membros de outras religiões. A Igreja não deve preocupar-se com o proselitismo, convertendo e trazendo para o seu séquito pessoas de outros credos religiosos.  A verdadeira conversão está na renúncia ao egoísmo e ao poder do dinheiro. Deste modo, são bem –vindos todos que queiram empenhar-se numa sociedade mais justa e mais fraterna. Por isso é fundamental que a Igreja consiga transmitir o espírito de missão às comunidades cristãs e ao povo de Deus em geral.

 

2- O fenómeno da globalização veio trazer problemas novos e  acrescidos aos missionários. A crise económica criou, como se sabe, desemprego e precariedade no trabalho. Segundo dados estatísticos fornecidos pela FAO estimam-se em mil milhões as pessoas que passam fome no mundo. Por isso não admira que muitos africanos deixem as suas terras e procurem emprego na Europa. Os movimentos migratórios são pois uma constante nos dias de hoje originando instabilidade e insegurança nos países destinatários. Nos povos onde há guerra como no Darfur surgem os refugiados que têm de deixar as suas terras e procurar outras paragens onde possam refazer as suas vidas. Isto provoca sofrimento, fome e miséria para os quais tem de haver um movimento de solidariedade e de inter-ajuda.

Há ainda o tráfico de mulheres em muitos continentes, as crianças –soldados, os meninos e meninas de rua que exigem dos missionários uma atenção especial. Para todos é preciso uma palavra de conforto, de apoio e de esperança. Todas estas situações exigem um esforço conjunto da  Igreja e de leigos devidamente preparados para as múltiplas e complexas tarefas que têm de desempenhar. As carências na saúde, educação e nas infra-estruturas são muitas e os recursos são escassos. Só com uma globalização da solidariedade se poderão encontrar soluções para estes problemas.

O Papa Bento XVI diz na sua mensagem que é preciso “ contagiar de esperança todos os povos “  Essa esperança renasce sempre que os pobres, os oprimidos, os excluídos, os marginais têm alguém a seu lado a apoiá-los e  a transmitir-lhes confiança no futuro. A caridade e o amor cristão têm de ser uma praxis ( acção ) e não apenas mera teoria. Para terminar vou citar São Paulo , o primeiro e o mais importante de todos os missionários, que na 1ª Carta aos Coríntios, capítulo 13 diz o seguinte: ainda que tenha o dom da profecia/ e conheça todos os mistérios e toda a ciência / ainda que eu tenha tão grande fé / que transporte montanhas, / se não tiver amor nada sou “

 

FRANCISCO  MARTINS

 

 

publicado por pontodemira às 21:35
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. Os incêndios florestais (...

. Os grandes filósofos: Mar...

. Os Grandes filósofos: Ben...

. Os incêndios florestais

. O Euro- como moeda única ...

. O Papa Francisco peregrin...

. O terrorismo

. As baboseiras do Sr. Jero...

. Bandarra: profetismo mes...

. A Ordem Mundial

.arquivos

. Outubro 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Outubro 2014

. Julho 2014

. Maio 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

blogs SAPO

.subscrever feeds