Segunda-feira, 12 de Outubro de 2009

ELEIÇÕES AUTÁRQUICAS ( Rescaldo )

 

1-O Partido Socialista esteve muito bem nas eleições autárquicas. Foi o partido mais votado e o que obteve o maior número de mandatos. Conquistou 22 novas autarquias conseguindo o melhor resultado de sempre em eleições locais.

O PSD ganhou as eleições porque tem o maior número de presidências de Câmaras ( mais sete do que o PS ). Apesar da vitória o PSD perdeu terreno em relação ao PS ,pois comparando os resultados com as eleições de 2005 tem menos 19 câmaras.  A drª Manuela Ferreira Leite esperava talvez uma vitória retumbante nas autárquicas para se redimir do mau resultado obtido nas legislativas. Tal não aconteceu e o seu futuro político está seriamente comprometido. As lutas internas no partido irão prosseguir até à sua deposição final.

O dr. António Costa ganhou a Câmara de Lisboa, como já se esperava, e até conseguiu a maioria absoluta o que é um facto notável atendendo a que o PSD concorreu coligado com o CDS.

O dr. Rui Rio ganhou facilmente as eleições no Porto e atingiu também a maioria absoluta prosseguindo imparavelmente o seu terceiro mandato. O facto de Elisa Ferreira estar nas listas para o Parlamento Europeu pode ter influenciado o eleitorado que via a sua candidatura à Câmara com uma segunda hipótese.

O Bloco de Esquerda embora tenha mantido a Câmara de Salvaterra de Magos não conseguiu eleger vereadores para as Câmaras de Lisboa e Porto.

A CDU perdeu quatro câmaras algumas delas emblemáticas como Beja e a Marinha Grande.

O CDS manteve a Câmara de Ponte do Lima e consegue através da coligação com o PSD, garantir a liderança em 22 municípios.

 

Nestas eleições  o eleitorado foi capaz de punir alguns autarcas com um passado pouco transparente como é o caso de Avelino Ferreira Torres e Fátima Felgueiras. Houve no entanto dois – Isaltino  Morais e Valentim Loureiro – que apesar de estarem envolvidos em actividades criminosas passaram incólumes.  Se nuns casos o eleitorado reconhece o que está mal e actua em consonância noutros prefere os corruptos a pessoas honestas deixando assim a triste imagem de que em política vale tudo e que o crime compensa.

 

2-As eleições no distrito da Guarda constituíram para mim uma grande surpresa e também uma grande desilusão. A surpresa vem da Meda onde o PS conseguiu pela primeira vez conquistar a Câmara. Trata-se de um concelho conservador e que tem sido há longos anos um feudo do PSD. O que terá levado o eleitorado a inverter o sentido de voto ?  Não conheço o candidato vencedor mas é possível que seja uma pessoa com forte personalidade e que tenha colhido a simpatia da maioria do eleitorado. O facto do actual presidente, como é do domínio público , ter utilizado  empregados do município em obras de uma casa de que é proprietário e ainda o de ter arranjado colocação para a filha na Câmara , pode ter influenciado o resultado final.

A grande desilusão foi o PS não ter ganho a Câmara de Trancoso. O candidato empenhou-se com força e determinação e tudo foi preparado e programado meticulosamente. Sem exagerar posso dizer que foi a melhor campanha autárquica a que assisti. Conviria ,por isso , analisar os resultados obtidos em cada freguesia para ver o que falhou. Parece-me,  no entanto , que o facto de o PSD ter instalado uma rede de clientelismo parasitário criando empregos na Câmara e em instituições satélites é , e será sempre, e cada vez mais, um factor de desequilíbrio. Por cada pessoa que obtém emprego são mais quatro ou cinco votos do agregado familiar que vão parar ao PSD. Como se tem de respeitar a decisão do eleitorado o PS terá de esperar mais quatro anos para conseguir dar a volta à situação.

 

FRANCISCO MARTINS

 

 

publicado por pontodemira às 20:40
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. Os incêndios florestais (...

. Os grandes filósofos: Mar...

. Os Grandes filósofos: Ben...

. Os incêndios florestais

. O Euro- como moeda única ...

. O Papa Francisco peregrin...

. O terrorismo

. As baboseiras do Sr. Jero...

. Bandarra: profetismo mes...

. A Ordem Mundial

.arquivos

. Outubro 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Outubro 2014

. Julho 2014

. Maio 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

blogs SAPO

.subscrever feeds