Sábado, 18 de Julho de 2009

PEREGRINAÇÃO À TURQUIA ( Caminhos de São Paulo )

 

 

 

1-Na sua caminhada evangelizadora São Paulo percorreu uma grande parte do território da actual Turquia. Como se encerram os 2000 anos do Nascimento de São Paulo resolvi inscrever-me na Peregrinação organizada pelos Missionários Combonianos. Percorremos a Turquia de autocarro e de avião e vimos o que de mais significativo havia para observar. A paisagem é diversificada : montanhas inóspitas e planícies férteis onde se pratica uma agricultura moderna que permite tirar da terra os mais variados produtos. Assim, não faltam searas de trigo alternando com árvores de fruto: cerejeiras, damasqueiros, laranjeiras, pereiras, marmeleiros, etc.. Há ainda terras que são aproveitadas para cultivar girassol e algodão.

A Turquia é um país enorme cuja população ronda os 65 milhões de pessoas.  As estatísticas dizem que 70% da população vive nas grandes cidades. De todas, Istambul é a maior com cerca de 15 milhões de habitantes.

Na indústria os turcos distinguem-se sobretudo na tapeçaria de qualidade, que é vendida a alto preço, nas peles que utilizam para fazer casacos , na cerâmica e no fabrico de objectos de metal.

A gastronomia é variada e inclui doces típicos com entradas à base de vegetais: pepinos, beringelas, pimentos e tomate. O iogurte é também muito utilizado no fabrico de aperitivos. No Menu das refeições aparece com muita frequência folhados com carne, queijo ou vegetais.

Se nos voltarmos para a paisagem, um aspecto que salta à vista do visitante é a profusão de mesquitas. Não há terra ,por mais pequena que seja , que não tenha uma duas ou mesmo três. Nas grandes cidades são às dezenas com os seus minaretes apontados para o céu a sobressair no telhado do casario. Pela noite dentro ouve-se o som monocórdico e arrastado do almuadem entoando as orações da manhã.

Culturalmente , os turcos sofreram a influência de vários povos: hititas, gregos, romanos e seljúcidas. Todos eles deixaram ,como vestígios , estatuetas, cerâmica, sarcófagos e outras peças de arte. Dos romanos podemos ver teatros, aquedutos, termas e pontes. No período bizantino que decorre de 330 a.c ( quando Constantinopola passa ser a sede do Império Romano ) até 1071 ( invasões seljúcidas ) ficou como monumento mais importante a Igreja de Santa Sofia. A arte bizantina caracteriza-se pela utilização de mosaicos polícromos e frescos de rara beleza. Do Império Otomano podem ver-se palácios de mármore, azulejos e abóbadas de grandes proporções.

 

Os dados demográficos dizem-nos  que a taxa de natalidade na Turquia é alta e por isso predomina uma população jovem. A pobreza pelo que podemos observar é mais evidente nas crianças e jovens que assaltam os turistas vendendo bugigangas, garrafas de água ou pedindo esmola. Gravo na minha memória a imagem de um miúdo que colheu uma flor campestre e servindo-se desse expediente estendeu-me a mão implorando a minha generosidade.

 

2-Foram vários os locais da Turquia onde São Paulo esteve e que nós visitámos. Dos mais significativos e emblemáticos para nós cristãos passo a destacar os seguintes: Antioquia, Éfeso e Tarso.

Segundo os dados que dispomos Tarso foi a terra natal de São Paulo. Filho de uma família de judeus adquiriu a cidadania romana quando foi libertado. É provável que tenha frequentado a Academia de Tarso onde adquiriu a sua formação humanística e tomou contacto com a filosofia estóica. Para os estóicos tudo o que acontece tem inevitavelmente de acontecer pois faz parte da vontade divina. A sabedoria consistia na virtude e esta na apatia ou impassibilidade perante todas as vicissitudes da vida.O estóico tinha de encarar a morte, a injustiça, a dor e a pobreza com naturalidade. Um dos mais famosos estóicos da antiguidade foi Atenodoro de Tarso. São Paulo terá também seguido esta corrente filosófica antes de abraçar o cristianismo.

Em Tarso visitámos o poço de São Paulo e participámos na eucaristia numa pequena igreja católica.

 

 

                 

 

 

A cidade de Antioquia na Síria foi fundada por Seleuco em 300 a.c. Com Pompeu veio a tornar-se capital da província romana da Síria no ano de 64 a.c. Sabemos que São Paulo foi para Antioquia chamado por Barnabé ( Act 11,25 ) Foi também aqui que os discípulos de Cristo foram chamados cristãos pela primeira vez. ( Act 11,26 ) Nesta localidade realizou-se ainda uma colecta a favor dos pobres de Jerusalém (Act11,27-30

Em Antioquia visitámos uma comunidade cristã constituída apenas por 70 pessoas. A igreja, que era anteriormente uma habitação , encontra-se numa zona de aspecto pobre com casas muito degradadas. O responsável pela comunidade, um padre italiano muito simpático, deu as boas-vindas ao grupo e teceu algumas considerações sobre a história da sua paróquia. No fim foram servidas bebidas para quem quis. Embora a Turquia seja um Estado laico parece-me que os cristãos são tratados de forma discriminatória.  Numa região outrora marcada por uma forte presença cristã, hoje, a pressão muçulmana quase fez desaparecer o cristianismo. Da população turca apenas 3%  são cristãos.

Visitámos ainda o Museu Gruta de São Pedro e surpreendeu-nos um grupo  de libanesas que entoavam um hino parecido com o Avé de Fátima.

 

 

 

Parece ter sido em Éfeso que São João escreveu parte do seu Evangelho. Pensa-se também ter estado aqui Nossa Senhora. De facto , quando Jesus estava na cruz diz :” Mulher eis o teu filho “ . Depois disse ao discípulo : “ Eis a tua mãe ! “ E desde aquela hora, o discípulo acolheu-a como sua. ( Jo,26-27 ) . Pressupõe-se por isso que a Virgem Maria tenha acompanhado João até Éfeso. Sabe-se que São Pedro e São Paulo pregaram nesta cidade.  A igreja que existia em Éfeso no fim do primeiro século, da nossa era, fazia parte das 7 igrejas mencionadas no Apocalipse. As outras eram: Esmirna,Pérgamo,Tiatina, Sardes, Filadélfia e Laodiceia. Foi também em Éfeso que se realizou por volta do ano 431 um concílio ecuménico . Esse concílio veio proclamar Nossa Senhora como Mãe de Deus ( Theotokos , Theo(Deus) tokos (mãe) ). Foi assim considerada como heresia a tese de Nestor que via em Nossa Senhora apenas a mãe de Jesus.

Em Éfeso o nosso grupo visitou a Casa da Virgem Maria onde a tradição diz que Nossa Senhora passou os últimos anos da sua vida. Das ruínas romanas conservam-se vestígios do Odeon, templo de Adriano, Ágora, Teatro, Casa de banho pública e Biblioteca de Celso.

 

 

Nesta visita à Turquia pudemos ainda apreciar em Istambul a Igreja de Santa Sofia, obra prima da arquitectura bizantina mandada construir no século VI pelo Imperador Justiniano sob os alicerces do templo de Constantino e hoje transformada em Museu ; a Mesquita Azul com os seus 6 minaretes; a igreja de São Salvador de Chora ( Kariye) e o Grande Bazar.

Na Capadócia visitámos o Vale do Göreme e as igrejas rupestres decoradas com frescos e pinturas dos séculos X e XI.

Em Konia cujo nome primitivo seria Icónia vimos o Museu de Mevlana antigo convento dos Derviches Dançantes.

 

3-A Peregrinação à Turquia excedeu as minhas expectativas. O tempo foi muito bem aproveitado e conseguimos ver o que era mais importante num período limitado de 7 dias. Há imagens que não vou esquecer tão depressa: a linda cidade de Istambul, o passeio de barco pelo Bósforo , as maravilhas esculturais criadas pela natureza na Capadócia e os famosos Castelos de Algodão em Pamukkale.  Para que tudo isto fosse um êxito não podemos esquecer o trabalho dos Senhores Padres Combonianos e ainda o Guia que foi inexcedível na sua simpatia e profissionalismo. A todos e a cada um dos elementos do grupo com quem tive oportunidade de conviver durante uma semana vai o meu sincero agradecimento.

 

 

 

 

 

 

FRANCISCO MARTINS

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por pontodemira às 19:20
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. Os incêndios florestais (...

. Os grandes filósofos: Mar...

. Os Grandes filósofos: Ben...

. Os incêndios florestais

. O Euro- como moeda única ...

. O Papa Francisco peregrin...

. O terrorismo

. As baboseiras do Sr. Jero...

. Bandarra: profetismo mes...

. A Ordem Mundial

.arquivos

. Outubro 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Outubro 2014

. Julho 2014

. Maio 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

blogs SAPO

.subscrever feeds